Dirceu nega ter proposto criação de 'rede de inteligência' da esquerda

Ex-ministro negou informações publicadas pela Revista Crusoé, e reproduzidas pelo 247, de que ele defendeu que militantes de esquerda aprendam a atuar em contraespionagem

(Foto: Lula Marques)

247 - O ex-ministro José Dirceu negou as declarações publicadas pela revista Crusoé, do site O Antagonista, e reproduzidas pelo Brasil 247, de que teria proposto uma "rede de inteligência" da esquerda e defendido que militantes aprendessem "contraespionagem".

Segundo a Crusoé, a iniciativa se chamaria Rede Nacional de Inteligência Cidadã e atuaria para contrapor as ações de militantes da direita nas redes sociais. Dirceu, no entanto, assegurou não ter proposto nada nesse sentido e declarou se tratar de fake news.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247