Edinho: nada intimida a presidente Dilma

Novo ministro da Secom, Edinho Silva (PT-SP) afirma que "o enfrentamento só interessa à oposição. É na calmaria que esse governo vai deslanchar e as informações vão chegar sem ruído à sociedade"; segundo ele, a presidente da República não se assustará diante de protestos contra sua administração: "Ela [Dilma] já colocou sua integridade física a serviço desse projeto, não é panelaço que vai fazer a presidente se intimidar"

Novo ministro da Secom, Edinho Silva (PT-SP) afirma que "o enfrentamento só interessa à oposição. É na calmaria que esse governo vai deslanchar e as informações vão chegar sem ruído à sociedade"; segundo ele, a presidente da República não se assustará diante de protestos contra sua administração: "Ela [Dilma] já colocou sua integridade física a serviço desse projeto, não é panelaço que vai fazer a presidente se intimidar"
Novo ministro da Secom, Edinho Silva (PT-SP) afirma que "o enfrentamento só interessa à oposição. É na calmaria que esse governo vai deslanchar e as informações vão chegar sem ruído à sociedade"; segundo ele, a presidente da República não se assustará diante de protestos contra sua administração: "Ela [Dilma] já colocou sua integridade física a serviço desse projeto, não é panelaço que vai fazer a presidente se intimidar" (Foto: Roberta Namour)

247 - Novo ministro da Secom, Edinho Silva (PT-SP), afirma que o governo "está perdendo a narrativa" da crise política: “O enfrentamento só interessa à oposição. É na calmaria que esse governo vai deslanchar e as informações vão chegar sem ruído à sociedade”.

Mas diz que a presidente da República não se assustará diante de protestos contra sua administração: "Ela [Dilma] já colocou sua integridade física a serviço desse projeto, não é panelaço que vai fazer a presidente se intimidar", diz.

Em entrevista à ‘Folha de S. Paulo’, ele afirma que vai comandar a pasta por alguns princípios: “valorizar os veículos de comunicação, construir uma estrutura na qual todas as demandas sejam atendidas e unificar a comunicação do governo. Se os ministros não falarem a mesma linguagem, é evidente que vamos falhar na comunicação”.

Sobre o ajuste, ele diz que “tem que fazer a informação chegar da forma mais simples possível”: “Ajuste fiscal não é programa de governo, são medidas a serem tomadas para que a economia possa crescer de forma sustentável, gerando emprego e distribuindo renda” (leia mais).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247