Em carta, senadores pedem que Dilma antecipe eleições

Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) entregou uma carta ao ministro Jaques Wagner uma carta assinada por 11 senadores pedindo o apoio da presidente Dilma Rousseff na aprovação de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para a realização de eleições presidenciais antecipadas, em outubro deste ano; "Apelamos à Vossa Excelência em favor de uma posição altiva de apoio a uma saída da crise pelo voto popular, para que se reconheça a gravidade do momento e se coloque à disposição do povo brasileiro, acatando soberana decisão do Congresso Nacional pela convocação de novas eleições presidenciais", diz um trecho do documento; proposta foi apresentada ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na quarta-feira e deverá ser discutida por Dilma e Wagner nesta quinta-feira (28)

Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) entregou uma carta ao ministro Jaques Wagner uma carta assinada por 11 senadores pedindo o apoio da presidente Dilma Rousseff na aprovação de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para a realização de eleições presidenciais antecipadas, em outubro deste ano; "Apelamos à Vossa Excelência em favor de uma posição altiva de apoio a uma saída da crise pelo voto popular, para que se reconheça a gravidade do momento e se coloque à disposição do povo brasileiro, acatando soberana decisão do Congresso Nacional pela convocação de novas eleições presidenciais", diz um trecho do documento; proposta foi apresentada ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na quarta-feira e deverá ser discutida por Dilma e Wagner nesta quinta-feira (28)
Senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) entregou uma carta ao ministro Jaques Wagner uma carta assinada por 11 senadores pedindo o apoio da presidente Dilma Rousseff na aprovação de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para a realização de eleições presidenciais antecipadas, em outubro deste ano; "Apelamos à Vossa Excelência em favor de uma posição altiva de apoio a uma saída da crise pelo voto popular, para que se reconheça a gravidade do momento e se coloque à disposição do povo brasileiro, acatando soberana decisão do Congresso Nacional pela convocação de novas eleições presidenciais", diz um trecho do documento; proposta foi apresentada ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na quarta-feira e deverá ser discutida por Dilma e Wagner nesta quinta-feira (28) (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) entregou uma carta ao ministro Jaques Wagner uma carta assinada por 11 senadores pedindo o apoio da presidente Dilma Rousseff na aprovação de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para a realização de eleições presidenciais antecipadas, em outubro deste ano. A proposta foi apresentada ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na quarta-feira e deverá ser discutida por Dilma e Wagner nesta quinta-feira (28).

"É do mais alto cargo da República que deve vir o apoio decisivo a essa proposta (...), que tem o condão de unificar o País para sairmos do impasse que paralisa a economia e impõe incertezas ao Brasil e aos brasileiros pelo que se desenha no processo de impeachment, que se arrasta no Congresso Nacional e pode agravar ainda mais esse cenário", diz o texto do documento.

"Apelamos à Vossa Excelência em favor de uma posição altiva de apoio a uma saída da crise pelo voto popular, para que se reconheça a gravidade do momento e se coloque à disposição do povo brasileiro, acatando soberana decisão do Congresso Nacional pela convocação de novas eleições presidenciais", completa o texto.

Segundo o parlamentar, objetivo não é alongar o processo de impeachment. Além disso, ainda segundo Randolfe Rodrigues, alguns setores do Congresso nacional ainda veem espaço para a realização de um referendo sobre a continuidade ou não do mandato da presidente Dilma Rousseff.

Na entrevista, Randolfe disse que o objetivo da proposta não é protelar o processo de impeachment. Ele disse ainda que há espaço em setores do Congresso para propor à presidente que, por meio de um projeto de resolução, sugira um referendo simultâneo às eleições municipais de outubro sobre a continuidade ou não do mandato de Dilma.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247