Em novo afago aos militares, Bolsonaro diz que Forças Armadas são os "verdadeiros guardiões da democracia"

Em um novo aceno aos militares, uma de suas bases de apoio, Jair Bolsonaro afirmou que “nós --Marinha, Exército e Aeronáutica-- o povo bem comprova que nós estamos no caminho certo e que nós somos os verdadeiros guardiões da nossa democracia"

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Lisandra Paraguassu, Reuters - O presidente Jair Bolsonaro voltou a afirmar nesta quinta-feira que as Forças Armadas são “os verdadeiros guardiões” da democracia e que estão no caminho certo.

“Nós --Marinha, Exército e Aeronáutica-- o povo bem comprova que nós estamos no caminho certo e que nós somos os verdadeiros guardiões da nossa democracia e tudo faremos pela nossa liberdade”, discursou Bolsonaro durante a cerimônia de formatura do curso de sargentos da Marinha, no Rio de Janeiro.

A ideia de que a democracia brasileira cabe à ação das Forças Armadas é uma fala recorrente do presidente, que já chegou a dizer que a “democracia e a liberdade só existem quando as Forças Armadas querem”.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247