Enfraquecido, Bolsonaro suspende indicação de Eduardo à Embaixada do Brasil nos Estados Unidos

Segundo o jornalista Guilherme Amado, da Época, Jair Bolsonaro, sem votos suficientes no Senado e em meio a uma guerra interna no PSL, suspendeu a indicação do filho Eduardo Bolsonaro para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Interlocutores diretos de Eduardo afirmaram que é "zero" a chance de Bolsonaro enviar a indicação em 2019

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro suspendeu a indicação do filho, o deputado Eduardo Bolsonaro para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. 

A informação foi divulgada pelo jornalista Guilherme Amado, da revista Época. Segundo o jornalista, interlocutores diretos de Eduardo afirmaram que é "zero" a chance de Bolsonaro enviar a indicação em 2019. 

A desistência da indicação de Eduardo Bolsonaro ao cargo de embaixador é mais um capítulo da guerra interna do PSL e mostra o enfraquecimento político de Jair Bolsonaro no Congresso. 

"Bolsonaro deverá atribuir a desistência exclusivamente à necessidade de ter Eduardo ajudando na articulação política. Oficialmente, o discurso será de que Eduardo teria maioria — conforme o próprio disse à coluna na terça-feira", diz o jornalista. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247