Entregue ao centrão, Ministério das Comunicações terá orçamento de R$ 2,3 bi

Deputado federal Fábio Faria (PSD-RN), nomeado para o recém-criado Ministério das Comunicações comandará um orçamento de R$ 2,3 bilhões, além de supervisionar projetos estratégicos, como o leilão de tecnologia 5G no país

(Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Nomeado por Jair Bolsonaro para comandar o recém-criado Ministério das Comunicações, o deputado federal Fábio Faria (PSD-RN) entregará nas mãos do centrão, bloco político do qual faze parte no Congresso, um orçamento de R$ 2,3 bilhões. Faria, que é genro do apresentador e dono do SBT, Sílvio Santos, também terá sob sua responsabilidade o comando da verba publicitária institucional do governo federal e a supervisão do leilão de tecnologia 5G no país, ressalta reportagem do jornal O Globo

A nomeação de um parlamentar do centrão para o novo ministério faz parte da estratégia do governo em conseguir formar uma base parlamentar visando a aprovação de projetos de seu interesse e, também, para barrar um eventual processo de impeachment. Desde que iniciou a movimentação para cooptar o apoio do centrão, Bolsonaro vinha nomeando pessoas indicadas pelo centrão para cargos de segundo e terceiro escalão e a nomeação de Fábio Faria foi o primeiro nome emplacado para o primeiro escalão. 

Nesta quinta-feira (11), Bolsonaro negou que a nomeação do parlamentar tenha sido fruto de um acordo om o centrão. “É uma pessoa benquista. Não tem nada. O pessoal tá atacando, centrão. Eu nem lembro qual o partido dele. É um deputado federal. Tem um bom relacionamento com todos. Não teve acordo com ninguém. A aceitação foi excepcional. Uma pessoa que sabe se relacionar. Acho que vai dar conta do recado”, disse. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247