"Espero que termine esse governo Bolsonaro o quanto antes", diz FHC

Articulador do golpe que levou Bolsonaro ao poder, FHC critica a política externa do governo e diz que estragos ainda podem ser revertidos: "é fácil"

www.brasil247.com -
(Foto: Reuters | PR)


247 - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que articulou o golpe contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) em 2016, abrindo caminho para a eleição de Jair Bolsonaro (PL) em 2018, agora quer que o atual governo termine "o quanto antes".

A declaração foi dada em uma entrevista ainda inédita à Cebri Revista, publicação trimestral que o think tank de relações internacionais fundado há 23 anos está lançando em fevereiro.

Segundo Lauro Jardim, do jornal O Globo, FHC se refere à política externa de Bolsonaro. De acordo com o tucano, os estragos causados pelo atual governo ainda podem ser revertidos. "Espero que termine esse governo Bolsonaro o quanto antes, antes que o estrago seja muito grande. A volta não é difícil".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ex-presidente afirmou que o Brasil precisa voltar a dialogar comos países vizinhos para reforçar sua imagem diante das grandes potências. "É fácil voltar porque um país como o Brasil tem um peso específico e colocando seu peso a favor da integração, ou melhor, do diálogo com esses vários países (vizinhos), sua voz será mais forte. Será mais ouvida. Ouvida por quem? Pela Europa, pelos EUA, pelo Japão, pela China, os que realmente têm poder no mundo. Se nós falamos por um conjunto, temos muito mais poder do que falando sozinhos. Eu acho que é uma lógica caipira: 'vamos nos isolar porque é melhor e estamos vivendo entre nós'".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email