Ex-ministro, Luiz Sérgio deve substituir Vargas

Ala majoritária da bancada do PT na Câmara decidiu indicar o nome do deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), ex-ministro das Relações Institucionais e da Pesca, para suceder André Vargas (PT-PR) no cargo de vice-presidente da Câmara; o nome do deputado José Guimarães (PT-CE) também foi cogitado; correntes minoritárias do PT apoiam o nome do deputado Paulo Teixeira (PT-SP); escolha do sucessor de Vargas na vice-presidência acontece no dia 29

Ala majoritária da bancada do PT na Câmara decidiu indicar o nome do deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), ex-ministro das Relações Institucionais e da Pesca, para suceder André Vargas (PT-PR) no cargo de vice-presidente da Câmara; o nome do deputado José Guimarães (PT-CE) também foi cogitado; correntes minoritárias do PT apoiam o nome do deputado Paulo Teixeira (PT-SP); escolha do sucessor de Vargas na vice-presidência acontece no dia 29
Ala majoritária da bancada do PT na Câmara decidiu indicar o nome do deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), ex-ministro das Relações Institucionais e da Pesca, para suceder André Vargas (PT-PR) no cargo de vice-presidente da Câmara; o nome do deputado José Guimarães (PT-CE) também foi cogitado; correntes minoritárias do PT apoiam o nome do deputado Paulo Teixeira (PT-SP); escolha do sucessor de Vargas na vice-presidência acontece no dia 29 (Foto: Valter Lima)

247 - A ala majoritária da bancada do PT na Câmara decidiu indicar o nome do deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), ex-ministro das Relações Institucionais e da Pesca, para suceder André Vargas (PT-PR) no cargo de vice-presidente da Câmara. A reunião que selou o apoio a Luiz Sérgio ocorreu poucas horas depois de Vargas formalizar a saída do cargo.

Além do ex-ministro, a ala cogitava indicar o deputado José Guimarães (PT-CE). Correntes minoritárias do PT apoiam o nome do deputado Paulo Teixeira (PT-SP). Derrotado por Vargas na disputa interna no início deste ano, Teixeira ainda não decidiu se vai entrar outra vez na disputa. A expectativa do partido é que a escolha do sucessor de Vargas na vice-presidência aconteça no dia 29. 

Luiz Sérgio ocupou o Ministério das Relações Institucionais no primeiro semestre do governo Dilma Rousseff. Transferido para o Ministério da Pesca em junho de 2011, ele chefiou a pasta até março de 2012. A ala majoritária da bancada, composta por parlamentares das correntes Construindo um Novo Brasil (CNB) e Movimento PT, tem cerca de 50 dos 88 deputados do partido. 

André Vargas foi forçado a deixar a vice-presidência depois que vieram à tona suas ligações com o doleiro Alberto Youssef, preso na operação Lava Jato da Polícia Federal sob acusação de liderar um esquema de lavagem de dinheiro que movimentou R$ 10 bilhões.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247