Exames descartam retorno do câncer em Lula

Depois de circularem boatos sobre um possível retorno do câncer no ex-presidente Lula, desta vez no pulmão, seu médico, Roberto Kalil, garante que os exames a que o petista se submeteu na manhã desta terça-feira estão "absolutamente normais" e apontam uma remissão total do tumor na laringe; na semana passada, o próprio Lula espantou os rumores baseados na rouquidão de sua voz: "Não se preocupem, não é um câncer"

Exames descartam retorno do câncer em Lula
Exames descartam retorno do câncer em Lula
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após o próprio ex-presidente Lula dizer que sua rouquidão não significa o retorno do câncer (leia mais em "Não se preocupem, não é um câncer"), foi a vez de seu médico, Roberto Kalil, espantar os boatos de que o petista estaria com câncer no pulmão. Lula passou na manhã desta terça-feira por exames no Hospital Sírio-Libanês, e nenhum sinal de tumor foi detectado.

Segundo Kalil, todos os exames de Lula (entre eles, o pet-scan e a laringoscopia) estão "absolutamente normais" e apontam uma remissão total do tumor na laringe. O médico informou ainda que a avaliação desta terça-feira já estava prevista.

Lula teve diagnosticado um tumor na laringe em outubro de 2011 e, como consequência, passou por quimioterapia e radioterapia durante cerca de cinco meses. Em março do ano passado, exames mostraram que não havia mais a presença do tumor, mas, mesmo diante das seguidas garantias médicas de saúde, os boatos sobre uma possível recaída não param de circular.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email