Executiva e bancada do PT fecham questão: todos os votos serão contra Temer

A Executiva Nacional do PT definiu a posição da bancada do partido na votação da autorização de investigação de Michel Temer pelo Supremo Tribunal Federal pela denúncia por corrupção passiva; em nota, a Executiva define o governo Temer como entreguista e anti-popular e decide por voto unânime pela abertura da investigação

A Executiva Nacional do PT definiu a posição da bancada do partido na votação da autorização de investigação de Michel Temer pelo Supremo Tribunal Federal pela denúncia por corrupção passiva; em nota, a Executiva define o governo Temer como entreguista e anti-popular e decide por voto unânime pela abertura da investigação
A Executiva Nacional do PT definiu a posição da bancada do partido na votação da autorização de investigação de Michel Temer pelo Supremo Tribunal Federal pela denúncia por corrupção passiva; em nota, a Executiva define o governo Temer como entreguista e anti-popular e decide por voto unânime pela abertura da investigação (Foto: Charles Nisz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em nota, a Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores divulgou a decisão sobre qual será a posição da bancada na votação que irá decidir pela autorização ou não de investigação de Michel Temer pelo STF na denúncia sobre corrupção passiva oferecida pela Procuradoria Geral da República. Na nota, o PT define o governo Temer como entreguista e anti-popular.

Confira a íntegra da nota:
A Executiva Nacional do PT e sua bancada de deputadas e deputados federais reafirmam sua oposição ao golpista Temer e ao seu governo anti-popular, entreguista e corrupto e, conforme decisão do 6º Congresso, resolvem fechar questão para que todos os votos petistas sejam pelo afastamento de Temer da Presidência da República, possibilitando sua investigação e julgamento pelo STF.

Reafirmam a posição de que a crise política, social e econômica não será solucionada com arranjos de elite através de eleições indiretas no Congresso Nacional. O povo brasileiro quer uma solução democrática através de eleições diretas para Presidente, antecipando-se o pleito de 2018.

Fora Temer!

Diretas Já!

Nenhum direito a menos!

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247