Fachin está confiante de que continuará relator da delação da JBS

O ministro Edson Fachin está confiante de que tem os votos necessários para permanecer relator da delação da JBS; segundo pessoas próximas, Fachin acha que tem, hoje, entre seis e sete votos a favor de sua manutenção como relator; o ministro do STF sabe, porém, que está longe de ser uma unanimidade; prepara-se para receber críticas durante o julgamento, mas está focado no resultado; aposta que sairá fortalecido do episódio.

Ministro Edson Fachin durante sessão extraordinária da 1ª turma do STF . Foto: Nelson Jr./SCO/STF (09/12/2015)
Ministro Edson Fachin durante sessão extraordinária da 1ª turma do STF . Foto: Nelson Jr./SCO/STF (09/12/2015) (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro do Superior Tribunal Federal Edson Fachin está confiante de que tem os votos necessários para permanecer relator da delação da JBS na corte. Segundo pessoas próximas, acredita que tem, hoje, entre seis e sete votos a favor.

Consolidada uma maioria, crê até ser possível obter o apoio de todo o plenário na sessão desta quarta-feira (21). Sabe, porém, que está longe de ser uma unanimidade. Prepara-se para receber críticas durante o julgamento, mas está focado no resultado. Aposta que sairá fortalecido do episódio.

As informações são da coluna Painel da Folha de S.Paulo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email