Fernando Bezerra fica como líder do governo até Eduardo Bolsonaro ser sabatinado para embaixada nos EUA

Apesar de Jair Bolsonaro dizer a aliados próximos que a operação da PF deflagrada na semana passada e que teve como alvo o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), o coloca em uma posição “desconfortável”, ele não pretende tomar nenhuma atitude até que o nome do deputado Eduardo Bolsonaro seja aprovado como embaixador do Brasil nos EUA

Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE)
Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A ação da Polícia Federal deflagrada na semana passada e que teve como alvo o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), levou Jair Bolsonaro a dizer a liados próximos que a situação o coloca em uma posição “desconfortável” e que, pelo menos “por enquanto”, não poderá tomar nenhuma atitude. De acordo com o blog do jornalista Tales Faria, apesar do desconforto, Bolsonaro deverá manter Bezerra Coelho à frente da liderança do governo na Casa até que o  deputado Eduardo Bolsonaro seja sabatinadopelos senadores e tenha o seu nome aprovado como embaixador do Brasil em Washington. 

O temor é que ao afastar o parlamentar, senadores ligados ao chamado “centrão” acabem rompendo com o governo e votando contra a indicação. “Depois disso, o senador emedebista é visto como um estorvo para os planos eleitorais do bolsonarismo, especialmente em 2020, quando as eleições municipais devem antecipar a campanha presidencial de 2022”, ressalta a reportagem em referência ao fato do emedebista ser visto por bolsonaristas como representante da velha política” e ser investigado pela Lava Jato. 

A ideia é aguardar as principais votações de interesse do governo no Senado –como a reforma da Previdência, a indicação de Augusto Aras para procurador-geral da República e a aprovação do embaixador em Washington– para então diluir o afastamento do líder numa minirreforma ministerial”, ressalta o jornalista. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email