FHC considera Doria para a disputa de 2018

Questionado quem seria melhor candidato pelo PSDB, se João Doria ou Geraldo Alckmin, o ex-presidente respondeu que "é cedo" para saber quem tem mais chances; ele afirmou ainda que dará apoio ao candidato que "conseguir falar com o Brasil", e não apenas com São Paulo; declaração foi feita no momento em que Doria está percorrendo vários estados do Brasil visando pavimentar a sua pré-candidatura ao Planalto

Questionado quem seria melhor candidato pelo PSDB, se João Doria ou Geraldo Alckmin, o ex-presidente respondeu que "é cedo" para saber quem tem mais chances; ele afirmou ainda que dará apoio ao candidato que "conseguir falar com o Brasil", e não apenas com São Paulo; declaração foi feita no momento em que Doria está percorrendo vários estados do Brasil visando pavimentar a sua pré-candidatura ao Planalto
Questionado quem seria melhor candidato pelo PSDB, se João Doria ou Geraldo Alckmin, o ex-presidente respondeu que "é cedo" para saber quem tem mais chances; ele afirmou ainda que dará apoio ao candidato que "conseguir falar com o Brasil", e não apenas com São Paulo; declaração foi feita no momento em que Doria está percorrendo vários estados do Brasil visando pavimentar a sua pré-candidatura ao Planalto (Foto: Paulo Emílio)

247 - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) não descarta a possibilidade de apoiar o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), na disputa presidencial de 2018.

Segundo ele, o seu apoio será dado ao candidato que "conseguir falar com o Brasil", e não apenas com São Paulo. Um outro tucano que se posiciona como pré-candidato é o governador paulista Geraldo Alckmin, que também é mais afinado com FHC.

"Qual dos dois? Vou ver o que vai acontecer com a sociedade. Para um paulista é muito difícil ser nacional, porque São Paulo tem especificidades. O candidato tem que falar com o Brasil, não adianta ser só a sua turma. Tem que expressar a contemporaneidade e ser ético. Os partidos vão procurar quem tem mais possibilidade de ganhar", destacou.

A declaração foi feita no momento em que Doria está percorrendo vários estados do Brasil visando pavimentar a sua pré-candidatura ao Planalto. 

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247