FHC: declaração de Bolsonaro é 'inacreditável e lembra outros tempos'

Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criticou nesta segunda-feira, 22, a declaração de Jair Bolsonaro (PSL), que prometeu prender seu adversário Fernando Haddad e o senador Lindbergh Farias (PT-RJ); "Inacreditável: um candidato à Presidência pedir às pessoas que se ajustem ao que ele pensa ou pagarão o preço: cadeia ou exílio. Lembra outros tempos", criticou FHC; "O que o Brasil precisa é de coesão no rumo do crescimento e diminuição da desigualdade", defendeu o tucano 

FHC: declaração de Bolsonaro é 'inacreditável e lembra outros tempos'
FHC: declaração de Bolsonaro é 'inacreditável e lembra outros tempos'

247 - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criticou nesta segunda-feira, 22, a declaração do candidato da extrema-direita a presidente, Jair Bolsonaro (PSL), que afirmou em discurso transmitido na Avenida Paulista, nesse domingo, 21, que prometeu prender seu adversário Fernando Haddad e o senador Lindbergh Farias (PT-RJ).

"Inacreditável: um candidato à Presidência pedir às pessoas que se ajustem ao que ele pensa ou pagarão o preço: cadeia ou exílio. Lembra outros tempos", criticou Fernando Henrique. "O que o Brasil precisa é de coesão no rumo do crescimento e diminuição da desigualdade", defendeu o tucano. 

Ainda sem declarar apoio formal a Fernando Haddad, FHC tem aumentado o tom das críticas à campanha de Bolsonaro. Nesse domingo, o ex-presidente criticou as declarações do deputado Eduardo Bolsonaro, que disse que "basta um soldado e um cabo" para fechar o Supremo Tribunal Federal.

"As declarações do dep. E Bolsonaro merecem repudio dos democratas. Prega a ação direta, ameaça o STF. Não apoio chicanas contra os vencedores, mas estas cruzaram a linha, cheiram a fascismo. Têm meu repúdio, como quaisquer outras, de qualquer partido, contra leis, a Constituição", disse FHC (leia mais).

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247