FHC deve publicar nas próximas horas nota contra reeleição de Bolsonaro, diz Folha

O ex-presidente não manifestará, no entanto, apoio explícito a Lula, ainda que o petista seja o único com chances de vencer Bolsonaro no primeiro turno

www.brasil247.com - Fernando Henrique Cardoso, Jair Bolsonaro e Lula
Fernando Henrique Cardoso, Jair Bolsonaro e Lula (Foto: Reprodução/Facebook | Alan Santos/PR | Ricardo Stuckert)


247 - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) deve, na tarde desta quinta-feira (22), publicar nota se posicionando contra a reeleição de Jair Bolsonaro (PL), segundo informações do jornalista Fábio Zanini, do jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com a reportagem, apesar de se manifestar contrário ao chefe do Executivo, FHC não deve fazer uma declaração explícita de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), à frente nas pesquisas de todos os institutos. Lula é atualmente o único candidato capaz de derrotar Bolsonaro já no primeiro turno.

"Na nota, FHC deve defender a democracia, o respeito às instituições e aos direitos humanos. Ele vem sendo cortejado há alguns dias pela campanha de Lula para que manifeste seu apoio já no primeiro turno, dentro da proposta de formar uma frente ampla contra o atual presidente", diz trecho da reportagem. 

O apoio do PSDB à candidatura de Simone Tebet (MDB), que tem Mara Gabrilli (PSDB) como candidata a vice, é um entrave para que FHC manifeste apoio a Lula no primeiro turno.

Na segunda-feira (19), Lula teve encontro com os ex-candidatos a presidente da República, que declararam apoio ao petista contra Bolsonaro. Participaram Guilherme Boulos (Psol), Luciana Genro (Psol), Cristovam Buarque (Cidadania), Marina Silva (Rede), Geraldo Alckmin (PSB) - que é atualmente candidato a vice-presidente -, Fernando Haddad (PT), Henrique Meirelles (União Brasil) e João Vicente Goulart (PCdoB). Todos manifestaram apoio a sua candidatura.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email