FHC diz que crise econômica é “nossa também”

Ex-presidente critica a presidente Dilma Rousseff e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, que "dizem que está tudo bem, que a crise é internacional. Não é internacional. A crise é nossa também"; sobre Joaquim Levy, que deve ser o próximo ministro da Fazenda, afirmou: "Em certos momentos, tem que se tomar certas medidas para evitar que o país perca o rumo"

Ex-presidente critica a presidente Dilma Rousseff e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, que "dizem que está tudo bem, que a crise é internacional. Não é internacional. A crise é nossa também"; sobre Joaquim Levy, que deve ser o próximo ministro da Fazenda, afirmou: "Em certos momentos, tem que se tomar certas medidas para evitar que o país perca o rumo"
Ex-presidente critica a presidente Dilma Rousseff e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, que "dizem que está tudo bem, que a crise é internacional. Não é internacional. A crise é nossa também"; sobre Joaquim Levy, que deve ser o próximo ministro da Fazenda, afirmou: "Em certos momentos, tem que se tomar certas medidas para evitar que o país perca o rumo" (Foto: Gisele Federicce)

247 – O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criticou a presidente Dilma Rousseff e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, porque "dizem que está tudo bem, que a crise é internacional. Não é internacional. A crise é nossa também".

FHC deu as declarações após participar de um seminário na USP nesta segunda-feira 24. Ele também comentou a provável nomeação de Joaquim Levy para o ministério da Fazenda. E contestou que o ex-secretário do Tesouro seja de direita.

"Em certos momentos, tem que se tomar certas medidas para evitar que o país perca o rumo", avaliou o tucano.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247