FHC orienta Aécio a poupar Marina Silva

Segundo colunista Ricardo Noblat, ex-presidente tucano disse ao presidenciável que bater em Marina Silva, como Aécio Neves está batendo, “é fazer o jogo do PT, do governo e de Dilma”; segundo ele, opinião é compartilhada pelos partidos aliados do PSDB: “Se dependesse deles, o DEM à frente, Aécio renunciaria à candidatura para apoiar Marina desde já”

Segundo colunista Ricardo Noblat, ex-presidente tucano disse ao presidenciável que bater em Marina Silva, como Aécio Neves está batendo, “é fazer o jogo do PT, do governo e de Dilma”; segundo ele, opinião é compartilhada pelos partidos aliados do PSDB: “Se dependesse deles, o DEM à frente, Aécio renunciaria à candidatura para apoiar Marina desde já”
Segundo colunista Ricardo Noblat, ex-presidente tucano disse ao presidenciável que bater em Marina Silva, como Aécio Neves está batendo, “é fazer o jogo do PT, do governo e de Dilma”; segundo ele, opinião é compartilhada pelos partidos aliados do PSDB: “Se dependesse deles, o DEM à frente, Aécio renunciaria à candidatura para apoiar Marina desde já” (Foto: Roberta Namour)

247 – O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso teria orientado o presidenciável tucano Aécio Neves a desistir dos ataques a Marina Silva, porque estaria, assim, fazendo o jogo do PT. Leia a coluna de Ricardo Noblat sobre o assunto:

Ao bater em Marina, Aécio faz o jogo de Dilma

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fez chegar sua opinião a Aécio Neves, candidato do PSDB à vaga de Lula: bater em Marina Silva, como Aécio está batendo, é fazer o jogo do PT, do governo e de Dilma.

Com 12 minutos de propaganda eleitoral no rádio e na televisão dia sim, dia não, contra dois minutos de Marina, Dilma tem batido duramente na candidata do PSB.

O marqueteiro de Dilma, João Santana, dispara há 10 dias contra Marina munição antes estocada para uso no segundo turno.

O objetivo de Dilma é chegar lá com uma vantagem de pelo menos 10 pontos percentuais sobre Marina. Assim ela terá gordura para perder, se necessário.

A opinião de Fernando Henrique é compartilhada pelos partidos que apoiam Aécio. Se dependesse deles, o DEM à frente, Aécio renunciaria à candidatura para apoiar Marina desde já.

Aécio e o chamado núcleo duro da campanha dele acreditam – ou dizem acreditar – que o candidato ainda poderá disputar o segundo turno com Dilma. Daí as fortes críticas que faz à Marina.

Esta manhã, por exemplo, durante sabatina promovida pelo jornal O Globo, Aécio criticou Marina dizendo que ela precisa escolher quem é – a Marina que durante 16 anos foi filiada ao PT ou a outra que mais recentemente passou a combater o PT e a falar em “nova política”?

Marqueteiros em geral, e analistas de pesquisas em particular, concordam que Aécio já está fora do segundo turno. Só voltará a ficar dentro se Marina cometer um grave erro de campanha.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247