FHC: se Bolsonaro não se calar estará preparando o seu fim

A declaração do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi uma reação ao pronunciamento de Jair Bolsonaro sobre o coronavírus. "O momento é grave, não cabe politizar, mas opor-se aos infectologistas passa dos limites. Se não calar estará preparando o fim", disse

(Foto: NACHO DOCE - REUTERS)

247 - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou que , se Jair Bolsonaro não se calar, "estará preparando o fim". "E é melhor o dele que de todo o povo", afirmou. A declaração do tucano foi uma reação ao pronunciamento do ocupante do Planalto feito na noite desta terça-feira (24) e voltou a comparar o Covid-19 a uma "gripezinha" ou a um "resfriadinho". 

De acordo com FHC, Bolsonaro "repetiu opiniões desastradas sobre a pandemia". "O momento é grave, não cabe politizar, mas opor-se aos infectologistas passa dos limites. Se não calar estará preparando o fim. E é melhor o dele que de todo o povo. Melhor é que se emende e cale", disse.

No pronunciamento, Bolsonaro disse que "o grupo de risco é o das pessoas acima de 60 anos". "Então, por que fechar escolas? Raros são os casos fatais de pessoas sãs com menos de 40 anos", continuou.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247