PUBLICIDADE

Fux diz que falou com Bolsonaro sobre respeito às instituições e que ele 'pediu perdão'

PUBLICIDADE

247 - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, falou a jornalistas nesta segunda-feira (12) após ter se encontrado com Jair Bolsonaro e relatou que o chefe do governo federal pediu perdão pelos últimos ataques à Corte.

Fux disse ter convidado Bolsonaro "para uma conversa diante dos últimos acontecimentos". Na última semana, Bolsonaro fez ataques graves ao ministro do Supremo Luís Roberto Barroso e, além disso, ainda ameaçou a democracia ao colocar sob suspeita a realização da eleição de 2022.

PUBLICIDADE

O presidente do STF também anunciou ter combinado com Bolsonaro uma nova reunião, desta vez com a presença dos Três Poderes, isto é, com a partipação do presidente do Senado, o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). "Debatemos o quão importante para a democracia brasileira é o respeito às instituições e os limites impostos pela Constituição Federal. O presidente entendeu, se utilizou até de um momento evangélico, ele gosta de orar diuturnamente, houve o perdão e, ao final, nós combinamos uma reunião entre os Três Poderes para nós fixarmos balizas sólidas para a democracia brasileira, tendo em vista a estabilidade do nosso regime político".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE