Gilmar Mendes: “O direito brasileiro correu risco e sofreu muitos ataques com Janot”

O ex-PGR Rodrigo Janot declarou que foi ao Supremo pronto para matar Gilmar; o ministro disse que isso é um dos reflexos da Lava Jato

Brasília- DF 22-03-2017  Posse do ministro, alexandre Moraes no STF. Temer, Rodrigo Maia, Eunício Oleveira, Carmen Lúcia, Gilmar Mendes e Rodrigo Janot.Foto Lula Marques/Agência PT
Brasília- DF 22-03-2017 Posse do ministro, alexandre Moraes no STF. Temer, Rodrigo Maia, Eunício Oleveira, Carmen Lúcia, Gilmar Mendes e Rodrigo Janot.Foto Lula Marques/Agência PT (Foto: LULA MARQUES)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Em entrevista ao jornalista Reinaldo Azevedo, no É da Coisa, da BandNews FM, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, declarou que jamais imaginou o risco que Janot representava e disse que ele atacou o direito brasileiro inúmeras vezes. Em declaração concedida à Veja, Estadão e Folha, Janot revelou que foi armado ao STF para assassinar Gilmar.

“O direito brasileiro correu risco com Janot e sofreu muitos ataques com ele, mas acho que nunca imaginei que chegaria à morte física, ou a essa tentativa de ataque”, declarou. “Todos nós estamos descobrindo lentamente dessa realidade subjacente a essas operações, especialmente a Lava Jato”, disse ainda, ao ser questionado sobre a reação de outros ministros.

Leia mais na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email