Gleisi encara o PSB e defende candidatura de Marília Arraes em Recife

Presidente do PT, Gleisi Hoffmann, rebateu o presidente do PSB, Carlos Siqueira - que acusou o PT de ser o "vetor da divisão na esquerda" -, e defendeu a candidatura de Marília Arraes à Prefeitura do Recife. "Para o PSB a esquerda só pode se unir se apoiar o candidato deles à prefeitura do Recife", postou Gleisi

Gleisi Hoffmann, Marília Arraes e Carlos Siqueira
Gleisi Hoffmann, Marília Arraes e Carlos Siqueira (Foto: GUSTAVO BEZERRA | Câmara dos Deputados | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann, saiu em defesa nesta quinta-feira (13) da candidatura da também deputada Marília Arraes à Prefeitura do Recife (PE) e rebateu o ataque feito pelo presidente do PSB, Carlos Siqueira, que afirmou ao jornal O Estado de S. Paulo que o partido não irá apoiar o Partido dos Trabalhadores “em lugar nenhum nestas eleições”. 

. “Foi pensando no Brasil que o PT abriu mão de lançar Marília Arraes e apoiou o PSB ao governo de Pernambuco em 2018. Mas parece que para o PSB a esquerda só pode se unir se apoiar o candidato deles à prefeitura do Recife”, postou Gleisi no Twitter. 

A postagem de Gleisi veio na esteira da declaração feita por Siqueira de que “entre o PT e o Brasil, o PT sempre ficou consigo mesmo, é o vetor da divisão na esquerda. Não estaremos com ele em lugar nenhum nestas eleições”. Nas eleições de 2018, contudo, o PT abriu mão da candidatura de Marília ao comando do Executivo estadual e apoiou a reeleição de Paulo Câmara (PSB).

Para este pleito, porém, parte do PT pernambucano vinha defendendo que a legenda mantivesse a aliança com a sigla socialista, inclusive apoiando a candidatura do PSB no Recife. No dia 31 de julho, porém, a direção nacional da sigla confirmou o nome da parlamentar na disputa recifense. 

Atualmente, o PSB tem o deputado federal João Campos – filho do ex-governador Eduardo Campos – como pré-candidato. O nome do parlamentar não tem enfrentado resistências internas significativas e ele deverá ser confirmado como o candidato do partido nas convenções partidárias, que ocorrerão entre 31 de agosto e 16 de setembro.

Veja o Twitter de Gleisi Hoffmann sobre o assunto. 

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247