Gleisi Hoffmann exige convocação de Braga Netto para explicar na Câmara ameaça às eleições de 2022

Deputada exigiu que ministro da Defesa và à Câmara explicar ameaças diretas contra as eleições de 2022 caso voto impresso não seja aprovado pelo Congresso

(Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados | Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A deputada federal e presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, usou a sua conta no Twitter para exigir explicações do ministro da Defesa Braga Netto e do presidente da Câmara, Arthur Lira(Progressistas-AL), sobre as declarações do general ameaçando as eleições. Ela quer que o general vá à Camara: "A Câmara tem de aprovar a convocação do general pretendente a ditador",

Segundo a deputada, a declação é uma grave ameaça à democracia e, mais grave ainda, é “militância política no comando das forças armadas”. 

No último dia 8, uma quinta-feira Arthur Lira recebeu um duro recado do ministro da Defesa, Walter Braga Netto, por meio de um importante interlocutor político. O general pediu para comunicar, a quem interessasse, que não haveria eleições em 2022, se não houvesse voto impresso e auditável. Ao dar o aviso, o ministro estava acompanhado de chefes militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica. 

A portas fechadas, Lira disse a um seleto grupo que via aquele momento com muita preocupação porque a situação era “gravíssima”. "Lira considerou o recado dado por Braga Netto como uma ameaça de golpe e procurou Bolsonaro. Teve uma longa conversa com ele, no Palácio da Alvorada. O presidente da Câmara disse ao chefe do Executivo que não contasse com ele para qualquer ato de ruptura institucional.

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email