Golpistas pagam R$ 10 por hora para quem divulgar protesto anti Dilma

"O episódio sugere que pode haver alguma ilegalidade nesses gastos para financiar protestos contra a presidente da República", conta Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania

"O episódio sugere que pode haver alguma ilegalidade nesses gastos para financiar protestos contra a presidente da República", conta Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania
"O episódio sugere que pode haver alguma ilegalidade nesses gastos para financiar protestos contra a presidente da República", conta Eduardo Guimarães, do Blog da Cidadania (Foto: Felipe L. Goncalves)

Continuam chegando relatos sobre gastos dos grupos que organizam o protesto do próximo domingo pelo impeachment de Dilma Rousseff.

Neste caso, as informações são do tuiteiro Marcus Pessoa, quem flagrou uma militante dos grupos anti Dilma de Recife oferecendo R$ 10 reais por hora para quem se dispuser a panfletar a favor do protesto pelo impeachment da presidente que ocorrerá naquela e em outras capitais no próximo domingo.

A pessoa que andou fazendo essa oferta no Twitter usa em seu perfil nessa rede social o nome de Mariana Brito e se diz “jornalista (com diploma), escritora, cientista política, economista, ex-BBB e Miss Brasil 2010”.

Conforme relata Marcus Pessoa, essa pessoa apagou a postagem sobre oferta de dinheiro para trabalhar pela manifestação anti Dilma do próximo domingo logo após publicá-la, o que se pode supor que se deveu a alguém tê-la alertado de que estava fazendo besteira.

Esse episódio sugere que pode haver alguma ilegalidade nesses gastos para financiar protestos contra a presidente da República. Com a palavra, as autoridades.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247