Haddad: Alckmin não é o que parece

Candidato à vice na chapa de Lula, Fernando Haddad criticou nesta segunda-feira 13 o candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin; para Haddad, um segundo turno entre o tucano e Bolsonaro seria improvável e 'um pesadelo'; "Alckmin representa um projeto, que é o projeto do Temer. Ele representa a continuidade e já disse que vai manter todas as reformas que Temer promoveu", disse ele

Haddad: Alckmin não é o que parece
Haddad: Alckmin não é o que parece
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por William De Lucca - O candidato a vice-presidente na chapa de Lula (PT), Fernando Haddad (PT) voltou a criticar o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) e disse que os tucanos são os principais responsáveis pela crise institucional que o país atravessa.

Haddad foi o primeiro sabatinado na série "O Brasil visto de Baixo", ciclo de conversas com presidenciáveis organizado pela Casa do Baixo Augusta e pela Catraca Livre.

"O Bolsonaro é o que é e o Alckmin não é o que parece. Alckmin faz parte de um partido que arquitetou o impeachment e que deu margem a uma crise institucional sem precedentes na história do país", criticou o petista.

Haddad também lembrou que todos os partidos que compõe a aliança com o PSDB, com exceção do MDB, dão sustentação ao Governo Temer.

"Alckmin representa um projeto, que é o projeto do Temer. Ele representa a continuidade e já disse que vai manter todas as reformas que Temer promoveu", disse.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247