Haddad define poderosos e pode indicar Lair

Titulares de Finanças, Planejamento, Governo e Negócios Jurídicos formarão junta orçamentária; pedidos de verbas passarão por eles; nome para a Secretaria da Habitação é o mais problemático; prefeito eleito decidiu aceitar indicação do PP de Paulo Maluf e desagradou bases do PT; ex-malufista Lair Krähenbühl (à dir.) pode entrar pelo perfil técnico

Haddad define poderosos e pode indicar Lair
Haddad define poderosos e pode indicar Lair
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – Após anunciar o nome do ex-ministro Juca Ferreira para o cargo de secretário municipal de Cultura, o prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad, está a um passo de completar, até aqui sem atropelos, a escolha de seu primeiro escalão. E os últimos anúncios podem trazer uma surpresa: a volta ao cargo do ex-secretário municipal de Habitação Lair Krähenbühl. Ele entraria para o time de Haddad na cota do PP de Paulo Maluf. Cogita-se também uma divisão, na prática, da poderosa pasta, com a entrega da Habi – o braço operacional do setor – para um nome indicado pelo PT.

Fazendo um mix entre integrantes do primeiro escalão do governo federal, ex-secretários da ex-prefeita Marta Suplicy, indicados pelos partidos políticos que o apoiaram e nomes de sua cota pessoal, Haddad vai passando discretamente, e ainda sem crises, pela difícil etapa da montagem do governo.

Na sexta-feira 7, em reunião formal com os secretários já indicados, o prefeito eleito deixou claro que todos atuarão submetidos a uma Junta Orçamentária. Ela será composta pelos secretários de Finanças (Marcos de Barros Cruz), Planejamento (Leda Maria Paulani), Governo (Antonio Donato) e Negócios Jurídicos (Luis Fernando Massonetto). Haddad deixou claro que irá privilegiar, no início da gestão, as chamadas secretarias meio, cujas funções não são de grande visibilidade, mas fundamentais, segundo ele, para a gestão do governo municipal.

O maior nó a ser destado ainda é o da indicação do PP de Paulo Maluf para o secretariado. De três nomes que foram levados a Haddad pelo ministro das Cidades, Aguinaldo Borges Ribeiro, um foi descartado de imediato, e dois sobreviveram. No final de semana, porém, cresceram as chances do ex-secretário Krähenbühl voltar às funções que já desempenhou na gestão do próprio Maluf (1993-1997). Ele seria um nome palatável a Haddad, por guardar independência do ex-prefeito. O problema é que, em razão de sua passagem pelo governo do Estado, o ex-secretário pode despertar críticas internas no PT por ter alguma identidade com os tucanos do PSDB. O ponto forte dele é sua trajetória de técnico no setor habitação reconhecida mundialmente.

PUBLICIDADE

Haddad escolheu o ex-vereador Chico Macena (PT) para ocupar a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras. O petista João Antônio deixou o seu cargo de deputado estadual para assumir a pasta de Relações Institucionais. A secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social será chefiada pela advogada Luciana Temer, filha do vice-presidente Michel Temer (PMDB), que apoiou Haddad no segundo turno das eleições municipais.

A vice de Gabriel Chalita à prefeitura paulista, Marianne Pinotti (PMDB), ficará com a secretaria da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida. O presidente municipal do PSB, o vereador Eliseu Gabriel, será o novo secretário de Desenvolvimento Econômico.

Os vereadores reeleitos Netinho de Paula (PC do B) e Roberto Tripoli (PV) assumem as secretarias da Promoção da Igualdade Racial e do Verde e Meio Ambiente, respectivamente. Tripoli é o atual líder do prefeito Gilberto Kassab (PSB) na Câmara Municipal.

PUBLICIDADE

O deputado federal Jilmar Tatto (PT) será secretário dos Transportes. O ex-prefeito de Diadema, José de Filippi Jr. (PT), irá administrar a pasta da Saúde.

O vereador Antonio Donato, que foi coordenador da campanha de Haddad, assumirá a secretaria de governo. A economista Leda Maria Paulani foi anunciada como secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão. O arquiteto Fernando de Mello Franco é o novo secretário de Desenvolvimento Urbano. O advogado Luís Fernando Massonetto foi escolhido como secretário de Negócios Jurídicos. E o engenheiro elétrico Marcos de Barros Cruz foi nomeado secretário de Finanças.

O sociólogo Cesar Callegari será o novo secretário municipal de Educação. Atualmente, Callegari é secretário de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC).

PUBLICIDADE

O jornalista Nunzio Briguglio Filho foi convidado por Haddad, para assumir a Secretaria Municipal de Comunicação. Nunzio é ex-assessor especial de Haddad no Ministério da Educação (MEC).

Rogério Sotilli assumirá a direção da Secretaria de Direitos Humanos e Participação Social de São Paulo. Sottili é secretário-executivo da Secretaria-Geral da Presidência da República, número dois de Gilberto Carvalho.

O vereador Celso Jatene (PTB) será o titular da pasta de Esportes, Lazer e Recreação. Jatene foi reeleito neste ano pela quarta vez com a bandeira da segurança pública.

PUBLICIDADE

Leonardo Osvaldo Barchini Rosa será o novo responsável por Relações Internacionais. Rosa já foi chefe de gabinete e assessor internacional e trabalhou com Haddad no Ministério da Educação, quando o petista foi o titular da Pasta.

Denise Motta ficará responsável pela Pasta a ser criada de Política das Mulheres. Atualmente, ela, que é assistente social e mestre em saúde coletiva, comanda o Departamento de Gestão e da Regulação do Trabalho no Ministério da Saúde.

Paula Motta será a nova secretária de Controle Urbano. Arquiteta e urbanista, foi diretora do Aprov, setor que aprova plantas de edifícios, na gestão Marta Suplicy (PT). A secretaria ficará responsável pela aprovação de empreendimentos imobiliários.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email