Helena Chagas: segundo turno vai ser uma pauleira

"Vai ser uma pauleira – foi a reação de estrategistas de Fernando Haddad diante do Datafolha", escreve a jornalista Helena Chagas; "Mas é cedo para a comemoração que alguns já estão fazendo, como o mercado – que fechou com o dólar em baixa e a bolsa em alta", acrescentou

Helena Chagas: segundo turno vai ser uma pauleira
Helena Chagas: segundo turno vai ser uma pauleira (Foto: Dir.: em cima (Gustavo Lima-Câmara) / embaixo (Stuckert))

247 - "Vai ser uma pauleira – foi a reação de estrategistas de Fernando Haddad diante do Datafolha", escreve a jornalista Helena Chagas. "Não é o cenário esperado pela cúpula petista, que previa um empate ou até a ultrapassagem de Bolsonaro por Haddad até domingo. Mas é cedo para a comemoração que alguns já estão fazendo, como o mercado – que fechou com o dólar em baixa e a bolsa em alta", acrescentou.

De acordo com a jornalista, "a avaliação de petistas que estão mantendo o sangue-frio é de que não há risco de a onda antipetista da semana levar o candidato do PSL a vencer em primeiro turno".

"Se há uma certeza, hoje, é de que haverá segundo turno, Haddad estará lá, e muita água ainda vai correr até 28 de outubro. E o resultado é imprevisível: o Datafolha voltou a registrar empate entre os dois no segundo turno, com vantagem numérica para Bolsonaro (44% x 42%)", disse.

Leia a íntegra no site Os Divergentes

Ao vivo na TV 247 Youtube 247