Ilimar: Temer sonha em ser candidato em 2018

“Para isso, a economia deve melhorar ou a população ter uma sensação de que ela melhorou. A pesquisa IBOPE/CNI, divulgada na sexta-feira, mostra que a avaliação de Temer e de seu governo ainda é ruim, mas que já esteve pior”, ressalta o colunista Ilimar Franco; “O atual governo não tem outro nome. Se não der certo para o Temer, não dará para ninguém (de sua aliança)”, diz João Francisco Meira, do Instituto Vox Populi e ex-integrante da Executiva Nacional do PFL

Brasília - DF, 08/06/2016. Presidente Interino Michel Temer durante encontro com Líderes Empresariais. Foto: Beto Barata/PR
Brasília - DF, 08/06/2016. Presidente Interino Michel Temer durante encontro com Líderes Empresariais. Foto: Beto Barata/PR (Foto: Roberta Namour)

247 - O presidente interino, Michel Temer nega, mas segundo o colunista Ilimar Franco, ele sonha em ser candidato em 2018. “Para isso, a economia deve melhorar ou a população ter uma sensação de que ela melhorou. A pesquisa IBOPE/CNI, divulgada na sexta-feira, mostra que a avaliação de Temer e de seu governo ainda é ruim, mas que já esteve pior”, ressalta.

“O Temer não é candidato hoje. Mas se ele chegar com 30% de ótimo e bom e 50% de aprovação, ele terá condições de concorrer. Temer vai ser convocado pelo PMDB e aliados”, afirma Antônio Lavareda, que trabalhou nas campanhas.

“A Lava-Jato colocou o PMDB no poder. Temer será competitivo mesmo que a investigação atinja quadros do partido, desde que não seja ele. O atual governo não tem outro nome. Se não der certo para o Temer, não dará para ninguém (de sua aliança)”, diz, por sua vez, João Francisco Meira, do Instituto Vox Populi e ex-integrante da Executiva Nacional do PFL – leia aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247