“Indiscutivelmente, Lula tem boas relações com Congresso”

Presidente do Sendo, Renan Calheiros (PMDB), demonstrou nesta quarta-feira, 16, otimismo com a ida do ex-presidente Lula para a Casa Civil do governo; "O que eu sei é que indiscutivelmente ele [Lula] tem boas relações com o Congresso Nacional e eu espero, e acho que o Brasil espera também, que as coisas melhorem no país", afirmou; Renan destacou que o Brasil está vivendo um "momento de paralisia"; "O PMDB tem tentado apresentar agendas para mudar essa realidade e eu acho que se ele puder colaborar e se dispuser a colaborar será acolhido"

Presidente do Sendo, Renan Calheiros (PMDB), demonstrou nesta quarta-feira, 16, otimismo com a ida do ex-presidente Lula para a Casa Civil do governo; "O que eu sei é que indiscutivelmente ele [Lula] tem boas relações com o Congresso Nacional e eu espero, e acho que o Brasil espera também, que as coisas melhorem no país", afirmou; Renan destacou que o Brasil está vivendo um "momento de paralisia"; "O PMDB tem tentado apresentar agendas para mudar essa realidade e eu acho que se ele puder colaborar e se dispuser a colaborar será acolhido"
Presidente do Sendo, Renan Calheiros (PMDB), demonstrou nesta quarta-feira, 16, otimismo com a ida do ex-presidente Lula para a Casa Civil do governo; "O que eu sei é que indiscutivelmente ele [Lula] tem boas relações com o Congresso Nacional e eu espero, e acho que o Brasil espera também, que as coisas melhorem no país", afirmou; Renan destacou que o Brasil está vivendo um "momento de paralisia"; "O PMDB tem tentado apresentar agendas para mudar essa realidade e eu acho que se ele puder colaborar e se dispuser a colaborar será acolhido" (Foto: Aquiles Lins)

247 - O presidente do Sendo, Renan Calheiros (PMDB), afirmou nesta quarta-feira, 16, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem "indiscutivelmente boas relações com o Congresso".

"O que eu sei é que indiscutivelmente ele [Lula] tem boas relações com o Congresso Nacional e eu espero, e acho que o Brasil espera também, que as coisas melhorem no país. O Brasil está vivendo um momento de paralisia, de desemprego, de retração econômica. O PMDB tem tentado apresentar agendas para mudar essa realidade e eu acho que se ele puder colaborar e se dispuser a colaborar será acolhido", afirmou ao Renan ao chegar ao Senado nesta manhã.

Segundo o líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), Lula aceitou convite da presidente Dilma Rousseff para assumir a Casa Civil (leia mais). Renan evitou fazer projeções sobre a capacidade do ex-presidente de reverter a crise econômica, mas demonstrou otimismo com a entrada de Lula no governo. "Seria muito essa projeção mas ele tem boa relação com o Congresso e eu torço para que o Brasil melhore, que as coisas comecem a dar certo", disse.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247