Isolado, Serra agora fala em vaga na Câmara

Depois de indicar que deixará finalmente o caminho livre no PSDB para Aécio Neves anunciar oficialmente sua candidatura à Presidência, ex-governador tenta prolongar carreira política com disputa na Câmara ou no Senado em 2014; para o governador tucano Geraldo Alckmin, essa opção seria “muito honrosa” e “importante para São Paulo”

Depois de indicar que deixará finalmente o caminho livre no PSDB para Aécio Neves anunciar oficialmente sua candidatura à Presidência, ex-governador tenta prolongar carreira política com disputa na Câmara ou no Senado em 2014; para o governador tucano Geraldo Alckmin, essa opção seria “muito honrosa” e “importante para São Paulo”
Depois de indicar que deixará finalmente o caminho livre no PSDB para Aécio Neves anunciar oficialmente sua candidatura à Presidência, ex-governador tenta prolongar carreira política com disputa na Câmara ou no Senado em 2014; para o governador tucano Geraldo Alckmin, essa opção seria “muito honrosa” e “importante para São Paulo” (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – No início da semana, o ex-governador de São Paulo José Serra postou no Facebook mensagem em que agradece aqueles que manifestaram o desejo de que ele disputasse a presidência do Brasil mais um vez, mas frisou que "como a maioria dos dirigentes do PSDB acha conveniente formalizar o quanto antes o nome de Aécio Neves para concorrer à Presidência da República, devem fazê-lo sem demora". No entanto, não disse claramente se desistiu da candidatura.

Isolado no partido, ele sonda agora a disputa por uma vaga na Câmara dos Deputados ou no Senado em 2014. Dirigentes do partido em São Paulo viram iniciativa com bons olhos. Além de parar de boicotar a candidatura de Aécio Neves, ele poderia atrair votos para a legenda.

A vaga de senador conta com o apoio declarado do governador Geraldo Alckmin, que disse nesta terça-feira que essa opção seria “muito honrosa” e “importante para São Paulo”.

"À medida que o Serra não é candidato, o Aécio já é candidato. Mas isso (anúncio), formalmente, pode ser feito a qualquer momento", afirmou Alckmin, depois de inaugurar uma ciclovia na zona oeste da capital. "Acho que a atitude do Serra foi de desprendimento, uma atitude importante para unir o partido".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247