Itamar já acusou FHC de comprar votos na Câmara para eleger Temer

Em palestra no Clube Militar, Itamar Franco disse que o tucano “Fernando Henrique vai jogar pesado na eleição de 2002”: “Ele vem usando métodos pouco ortodoxos, como essa equação e liberação de verbas e corrupção”; afirmou ainda que “o presidente, por intermédio de seus ministros, vem liberando verbas para peemedebistas em troca de votos para Michel Temer”, que disputava a presidência do PMDB; o PSDB é hoje um dos principais aliados de Temer no golpe contra Dilma Rousseff 

Em palestra no Clube Militar, Itamar Franco disse que o tucano “Fernando Henrique vai jogar pesado na eleição de 2002”: “Ele vem usando métodos pouco ortodoxos, como essa equação e liberação de verbas e corrupção”; afirmou ainda que “o presidente, por intermédio de seus ministros, vem liberando verbas para peemedebistas em troca de votos para Michel Temer”, que disputava a presidência do PMDB; o PSDB é hoje um dos principais aliados de Temer no golpe contra Dilma Rousseff 
Em palestra no Clube Militar, Itamar Franco disse que o tucano “Fernando Henrique vai jogar pesado na eleição de 2002”: “Ele vem usando métodos pouco ortodoxos, como essa equação e liberação de verbas e corrupção”; afirmou ainda que “o presidente, por intermédio de seus ministros, vem liberando verbas para peemedebistas em troca de votos para Michel Temer”, que disputava a presidência do PMDB; o PSDB é hoje um dos principais aliados de Temer no golpe contra Dilma Rousseff  (Foto: Roberta Namour)

247 -  O ex-presidente Itamar Franco já acusou o então presidente FHC de comprar votos na Câmara para eleger Michel Temer no comando do PMDB.

Em palestra no Clube Militar, Itamar Franco disse que o tucano “Fernando Henrique vai jogar pesado na eleição de 2002”: “Ele vem usando métodos pouco ortodoxos, como essa equação e liberação de verbas e corrupção”.

Afirmou ainda que “o presidente, por intermédio de seus ministros, vem liberando verbas para peemedebistas em troca de votos para Michel Temer”, que disputava a presidência do PMDB.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247