João Paulo diz hoje adeus à candidatura de Osasco

Renúncia à postulação pelo PT será feita ainda na tarde de hoje; o próprio João Paulo falou a amigos que não vai resistir à humilhação política de condenação por corrupção e peculato no STF; triste fim de um político que teve seu auge como presidente da Câmara dos Deputados

João Paulo diz hoje adeus à candidatura de Osasco
João Paulo diz hoje adeus à candidatura de Osasco (Foto: Renato Silvestre/Folhapress)

247 – O deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) deve anunciar ainda nesta tarde a retirada de sua candidatura à prefeitura de Osasco, região da Grande São Paulo. Nesta quarta-feira 29, o petista foi condenado pelos crimes de corrupção e peculato pela Ação Penal 470, o chamado "mensalão", por 8 votos a 2 em sessão do Supremo Tribunal Federal.

Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, o petista admitiu estar abalado com a decisão e não resistirá a mais um dia como candidato, conforme haviam sugerido aliados. Ele será substituído por seu vice na chapa, Jorge Lapas – o PT ainda tem expectativa de que ele chegue ao segundo turno. O núcleo da companha de João Paulo Cunha definiu em reunião realizada ontem que o deputado deve ser poupado de constrangimento público.

O petista é acusado pelo Ministério Público de ter recebido R$ 50 mil, quando presidia a Câmara dos Deputados (2003-2004, para beneficiar a agência de publicidade de Marcos Valério em uma licitação.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247