Jucá usou avião da FAB para defender Aécio

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB), utilizou avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para se deslocar entre Roraima e Brasília para defender que o Senado descumpra decisão do STF e não afaste Aécio Neves (PSDB); peemedebista fez discurso em que relatou ter passado os últimos dias internado, mas, mesmo assim, ter feito questão de comparecer à Casa para decidir sobre o futuro do tucano

Senador Romero Jucá (PMDB-RR)
Senador Romero Jucá (PMDB-RR) (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB), utilizou avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para se deslocar entre Roraima e Brasília para defender que o Senado descumpra decisão do STF e não afaste Aécio Neves (PSDB). A informação é do site do jornal O Globo.

O peemedebista fez discurso em que relatou ter passado os últimos dias internado, mas, mesmo assim, ter feito questão de comparecer à Casa para decidir sobre o futuro do tucano.

"Nós somos guardiões da Constituição. A Constituição foi escrita neste Congresso. O Supremo é guardião da Constituição nos seus julgamentos. Os Poderes são harmônicos entre si, independentes. Deve haver igualdade e harmonia, mas eu colocaria um ponto a mais que deve haver entre os Poderes: respeito! Os Poderes têm que se respeitar. Os limites têm que existir na vida, nas instituições, na política, em tudo", afirmou Jucá.

Ele disse que foi ao Senado exclusivamente para defender uma posição do Senado frente à decisão do Supremo e que, na sequência, irá para São Paulo para continuar o tratamento de um a inflamação no abdômen.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247