Juliano Medeiros, do Psol: defendemos Lula, mas teremos candidato

Em entrevista à TV 247, o presidente do Psol, Juliano Medeiros, afirmou que o partido defende o direito do ex-presidente Lula disputar as eleições presidenciais de 2018, mas ressaltou que a legenda terá candidatura própria à presidência da República; "nós compreendemos a demanda dos movimentos sociais por uma unidade nas esquerdas, mas este é também é o momento para que cada partido possa expressar seus programas e suas singularidades"; na entrevista, ele afirmou que o processo ainda está aberto, mas não negou que a tendência é de uma candidatura de Guilherme Boulos, líder do MTST; "o Guilherme se consolidou como a maior liderança do movimento social brasileiro"; confira a íntegra 

Em entrevista à TV 247, o presidente do Psol, Juliano Medeiros, afirmou que o partido defende o direito do ex-presidente Lula disputar as eleições presidenciais de 2018, mas ressaltou que a legenda terá candidatura própria à presidência da República; "nós compreendemos a demanda dos movimentos sociais por uma unidade nas esquerdas, mas este é também é o momento para que cada partido possa expressar seus programas e suas singularidades"; na entrevista, ele afirmou que o processo ainda está aberto, mas não negou que a tendência é de uma candidatura de Guilherme Boulos, líder do MTST; "o Guilherme se consolidou como a maior liderança do movimento social brasileiro"; confira a íntegra 
Em entrevista à TV 247, o presidente do Psol, Juliano Medeiros, afirmou que o partido defende o direito do ex-presidente Lula disputar as eleições presidenciais de 2018, mas ressaltou que a legenda terá candidatura própria à presidência da República; "nós compreendemos a demanda dos movimentos sociais por uma unidade nas esquerdas, mas este é também é o momento para que cada partido possa expressar seus programas e suas singularidades"; na entrevista, ele afirmou que o processo ainda está aberto, mas não negou que a tendência é de uma candidatura de Guilherme Boulos, líder do MTST; "o Guilherme se consolidou como a maior liderança do movimento social brasileiro"; confira a íntegra  (Foto: Ana Pupulin)

247 – Em entrevista à TV 247, o presidente do Psol, Juliano Medeiros, afirmou que o partido defende o direito do ex-presidente Lula disputar as eleições presidenciais de 2018, mas ressaltou que a legenda terá candidatura própria à presidência da República. "Nós compreendemos a demanda dos movimentos sociais por uma unidade nas esquerdas, mas este é também é o momento para que cada partido possa expressar seus programas e suas singularidades", afirma.

Na entrevista, ele afirmou que o processo ainda esta aberto, mas não negou que a tendência é de uma candidatura de Guilherme Boulos, líder do MTST. "O Guilherme se consolidou como a maior liderança do movimento social brasileiro", disse ele. Juliano diz ainda que Boulos "expressa um programa bem mais radical do que aquele que foi representado pelo PT nos últimos treze anos".

O presidente do Psol também avalia que o atual modelo brasileiro de governabilidade se esgotou e disse que uma eventual gestão do seu partido só poderá ser bem-sucedida num modelo de democracia direta e maior participação popular.

Inscreva-se na TV 247 e confira a íntegra da entrevista:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247