Líder do governo diz que nem o PSL acredita na reforma da Previdência

Delegado Waldir, líder do PSL na Câmara, critica a articulação do governo Bolsonaro pela aprovação da reforma; "O fechamento de questão é algo interno do partido. Nem o PSL está convencido. Eu fui o primeiro a questionar, porque veio o abacaxi aqui e até agora a faca não veio. Nós não vamos abrir esse abacaxi no dente", afirmou

Líder do governo diz que nem o PSL acredita na reforma da Previdência
Líder do governo diz que nem o PSL acredita na reforma da Previdência (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal Delegado Waldir, líder do PSL na Câmara, fez crítica à articulação do governo Jair Bolsonaro no Congresso em relação à aprovação da reforma da Previdência. Ele concorda com uma das críticas que circulam na Casa, por exemplo, de que Bolsonaro tem que defender a pauta com mais determinação. Questionado se o presidente está convicto da necessidade da reforma, respondeu: "ele que tem que dizer para vocês".

"Eu penso que ele tem que ser mais incisivo nas redes sociais, nas manifestações dele. A gente tem que focar. E para isso tem que compor. Você só consegue aprovar a reforma com composição e diálogo. É o que falta nesse momento", opinou.

"O fechamento de questão é algo interno do partido. Nem o PSL está convencido. Eu fui o primeiro a questionar, porque veio o abacaxi aqui e até agora a faca não veio. Nós não vamos abrir esse abacaxi no dente", disse.

"Ministro Onyx [Casa Civil], general [Santos Cruz da Secretaria de Governo], existem vários líderes indicados. Todos eles têm papel nessa construção, só que me parece que os líderes de todos os partidos estão descontentes. A construção está errada", disse.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247