Líder do PT diz que base governista pode se insurgir contra reforma da Previdência

Líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (SP), disse que o partido está preparando uma série de ações visando barrar a aprovação da reforma da Previdência no Congresso e que a oposição poderá contar com a participação membros das bancadas que integram a a base aliada do governo Michel Temer, como PTB e Solidariedade; "A oposição não é só do PT ou da esquerda, é mais ampla", disse

Carlos Zarattini 
Carlos Zarattini  (Foto: Paulo Emílio)

247 - O líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (SP), disse que o partido está preparando uma série de ações visando barrar a aprovação da reforma da Previdência no Congresso e que a oposição poderá contar com a participação membros das bancadas que integram a a base aliada do governo Michel Temer, como PTB e Solidariedade.

"A oposição não é só do PT ou da esquerda, é mais ampla", disse Zarattini à TV Estadão. Ele disse que pretende "divulgar os malefícios da reforma da Previdência, que é repudiada pela população", para que haja mobilização passando desde manifestações de rua até a realização de plenárias e articulações com lideranças religiosas.

Sobre o futuro do PT, Zarattini negou que esteja havendo uma maior divisão no partido, depois do processo do impeachment e de derrotas nas eleições municipais. "Há um ano a imprensa falava que 40 deputados iam sair do partido e até agora não saíram. Estamos nos reaproximando, estamos cada vez mais unidos", afirmou.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247