Lindbergh entra com notícia-crime contra Bolsonaro

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) anunciou nesta segunda-feira, 22, que está entrando com uma notícia-crime contra Jair Bolsonaro (PSL), por ele ter dito nesse domingo, 21, em mandaria prender Lindbergh e o candidato do PT a presidente, Fernando Haddad, caso venha a ser presidente; "Ele quis legitimar o que ele pode fazer. É um discurso de um candidato a ditador, não é um candidato a presidente da República. Ultrapassamos todos os poderes", disse ele. "Se estão fazendo isso com autoridades, imagina o que pode acontecer com você"

Lindbergh entra com notícia-crime contra Bolsonaro
Lindbergh entra com notícia-crime contra Bolsonaro

247 - O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) anunciou nesta segunda-feira, 22, que está entrando com uma notícia-crime contra o candidato da extrema-direita a presidente, Jair Bolsonaro (PSL), por ter dito nesse domingo, 21, em mandaria prender Lindbergh e o candidato do PT a presidente, Fernando Haddad, se ele se tornar presidente.

Ele participou de uma transmissão ao vivo pelas redes sociais ao lado da presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, do senador Roberto Requião, e do deputado Paulo Pimenta, líder do PT na Câmara.

"Ele não tem aquele poder. Ele não está acima das instituições", afirmou Lindbergh, relembrando que nesse sábado, 20, vazou o vídeo em que o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL) fala em fechar o Supremo Tribunal Federal. Lindbergh disse que só consegue achar uma explicação para as declarações de cunho fascista de Bolsonaro. 

"Ele quis legitimar o que ele pode fazer. É um discurso de um candidato a ditador, não é um candidato a presidente da República. Ultrapassamos todos os poderes", disse ele. "Se estão fazendo isso com autoridades, imagina o que pode acontecer com você", disse Lindbergh. 

Inscreva-se na TV 247 e assista à declaração:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247