Lindbergh: últimos atos do STF são “escandalosos”

O líder do PT no Senado, Linbergh Farias (RJ), afirmou que estão sendo observadas "manobras orquestradas" contra o ex-presidente Lula; parlamentar chamou de "escandalosos" os últimos atos do STF, nos quais o ministro Edson Fachin jogou recurso apresentado pela defesa do ex-presidente para julgamento por parte do colegiado do tribunal, em vez da Segunda Turma

Lindbergh: últimos atos do STF são “escandalosos”
Lindbergh: últimos atos do STF são “escandalosos” (Foto: Esq.: Waldemir Barreto - Agência Senado / Dir.: ABR)

247 - O líder do PT no Senado, Linbergh Farias (RJ), afirmou que estão sendo observadas "manobras orquestradas" contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba (PR). O parlamentar chamou de "escandalosos" os últimos atos do Supremo Tribunal Federal, nos quais o ministro Edson Fachin jogou recurso apresentado pela defesa do ex-presidente para julgamento por parte do colegiado do tribunal, em vez da Segunda Turma. Os relatos foram publicados na RBA.

Segundo o líder do partido na Câmara, deputado Paulo Pimenta (RS), "é escandaloso o que está acontecendo. Estamos vendo várias manobras contra Lula e o PT, mas no dia determinado pela Justiça Eleitoral, registraremos a candidatura". Membros do PT na Câmara e no Senado participaram nesta terça-feira (3) de uma solenidade em que a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR) leu uma carta de Lula reafirmando a candidatura presidencial dele.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247