Lula: alheamento de Marta é contornável

Para o ex-presidente, sua presena nos palanques e na propaganda televisiva de Fernando Haddad vai compensar a eventual ausncia da senadora, sem alterar a fidelidade de seu eleitorado

Lula: alheamento de Marta é contornável
Lula: alheamento de Marta é contornável (Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula.)

247 – Lula ainda sente falta de Marta Suplicy na campanha à prefeitura de São Paulo, mas tem minimizado o problema. O ex-presidente lamentou o distanciamento da senadora em relação à candidatura do seu pupilo Fernando Haddad. Até porque, o ainda desconhecido candidato não pode dispensar um empurrão de uma figura tão popular na capital. No entanto, disse acreditar que o alheamento de Marta tem efeito eleitoral contornável.

Para Lula, a presença dele nos palanques e na propaganda televisiva de Haddad vai compensar a eventual ausência. Ele acredita que a aversão da senadora não vai alterar a fidelidade de seu eleitorado.

Ninguém no PT enxerga o afastamento de Marta como um desastre.

Um dos petistas recorda que Marta elegeu-se prefeita, em 2000, sob condições extraordinárias. Foi ao segundo turno contra Paulo Maluf. Atraiu para sua canoa todas as forças antimalufistas. Teve o apoio inclusive do PSDB. Governador à época, Mario Covas forçou o tucanato a apoiá-la.

Na eleição seguinte, Marta perdeu para o tucano José Serra. Quatro anos depois, perdeu de novo, dessa vez para Gilberto Kassab, ainda filiado ao DEM.

Foi para tentar esquivar-se de uma nova derrota que Lula optou pela novidade Haddad. A preterição de Lula deixou mágoas indeléveis em Marta. (Com o blogueiro Josias de Souza)

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247