Lula: Bolsonaro cultua a ignorância e isso custou milhares de vidas

"Bolsonaro induziu a rebeldia das pessoas contra aqueles que estavam prezando pelo bom senso", diz o ex-presidente no Twitter ao falar sobre a pandemia de coronavírus. "E está aí a prova da desordem. Se as pessoas tivessem ficado em casa naquele momento, não teríamos 72 mil brasileiros mortos", completou

Lula, Bolsonaro e mortos por coronavírus no Brasil
Lula, Bolsonaro e mortos por coronavírus no Brasil (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Bruno Kelly/Reuters | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em postagens no Twitter feitas nesta terça-feira (14), o ex-presidente Lula disparou críticas à condução de Jair Bolsonaro da crise do coronavírus. Hoje o Brasil registra mais de 72 mil mortes e, junto com os Estados Unidos, registra os piores números da pandemia.

"O Brasil viu o que seria a pandemia em outros países onde o coronavírus chegou primeiro. E não se preparou. Boicotaram a ciência e todos que tentaram preservar a vida. Bolsonaro induziu a rebeldia das pessoas contra aqueles que estavam prezando pelo bom senso", postou Lula.

"E está aí a prova da desordem. Se as pessoas tivessem ficado em casa naquele momento, não teríamos 72 mil brasileiros mortos.  Sabíamos que as pessoas precisavam de dinheiro pra ficar em casa. E nem os R$ 600 o governo queria dar", cobrou o ex-presidente.

"É preciso lembrar que enquanto a oposição cobrava o pagamento de um auxílio emergencial de pelo menos um salário mínimo, o governo dizia que não podia pagar e que só daria R$ 200. E só conseguimos chegar aos R$ 600 por pressão da oposição", prosseguiu.

Para Lula, "a verdade é que o Bolsonaro acha bonito ser ignorante. E isso custou ao Brasil milhares de vidas".

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247