Lula é o motor do ânimo na luta contra o golpe

A frase foi publicada pela jornalista Hildegard Angel no Twitter neste fim de semana e representa os movimentos sociais que têm mostrando resistência ao impeachment em protestos em defesa da democracia; na noite desta sexta-feira, o ex-presidente esteve num ato com entidades da área da educação em São Paulo, onde fez críticas ao vazamento de trechos da delação da Andrade Gutierrez na imprensa e admitiu que em seu governo faltou fazer a regulamentação da mídia, que segundo ele, é a culpada pelo clima de divisão instaurado no país; "Não pode continuar nove famílias mandando na comunicação deste país. Nem fizemos tudo o que queríamos fazer, e uma das coisas é a regulamentação dos meios de mídia", destacou

Lula é o motor do ânimo na luta contra o golpe
Lula é o motor do ânimo na luta contra o golpe

247 – "Lula é o motor do ânimo nacional na luta contra o golpe. Que ele não esmoreça!", postou neste sábado 9, em sua conta no Twitter, a jornalista Hildegard Angel.

A frase representa a presença maciça de movimentos sociais e da população em geral que tem mostrado resistência ao impeachment em protestos em todo o País em defesa da democracia.

Um exemplo foi a noite desta sexta-feira, quando o ex-presidente Lula esteve num ato com entidades da área da educação em São Paulo, onde fez críticas ao vazamento de trechos da delação da Andrade Gutierrez na imprensa.

Lula admitiu que em seu governo faltou fazer a regulamentação da mídia, que segundo ele, é a culpada pelo clima de divisão instaurado no país. "Não pode continuar nove famílias mandando na comunicação deste país. Nem fizemos tudo o que queríamos fazer, e uma das coisas é a regulamentação dos meios de mídia", destacou.

"Essa delação está me cheirando a um Big Brother. Ontem eu vi uma notícia de que uma empresa teria prestado delação premiada. Essa empresa é de Minas, é muito ligada aos tucanos, e eu fiquei pasmo porque na hora que aparece na imprensa, não aparece os tucanos", prosseguiu o ex-presidente, em sua crítica.

Fazendo jus à afirmação de Hildegard, o ex-presidente disse ainda: "O Lula não está morto. Está mais vivo do que nunca. Não vai ter golpe neste país".

Em outro ato, realizado em Fortaleza no fim de semana passado, Lula reuniu mais de 60 mil pessoas para ouvir seu discurso na Praça do Ferreira. Na ocasião, ele ressaltou que "a melhor forma de chegar ao poder é pelo voto". E avisou: "o resto é golpe". "Vamos falar para o Cunha e para o Temer: não vai ter golpe!", provocou.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247