Lula e Temer terão encontro nesta quarta-feira

Reunião acontece depois que o vice-presidente virou alvo de críticas de ministros petistas por ter dito que "alguém" precisa reunificar o País; afirmação foi interpretada como uma espécie de preparativo para que o PMDB tome o poder em caso de um impeachment da presidente Dilma Rousseff

Reunião acontece depois que o vice-presidente virou alvo de críticas de ministros petistas por ter dito que "alguém" precisa reunificar o País; afirmação foi interpretada como uma espécie de preparativo para que o PMDB tome o poder em caso de um impeachment da presidente Dilma Rousseff
Reunião acontece depois que o vice-presidente virou alvo de críticas de ministros petistas por ter dito que "alguém" precisa reunificar o País; afirmação foi interpretada como uma espécie de preparativo para que o PMDB tome o poder em caso de um impeachment da presidente Dilma Rousseff (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Lula deverá encontrar-se nesta quarta-feira (12) com o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), para um café da manhã em Brasília.

Reunião acontece pouco depois de Temer ter ficado no alvo de ministros petistas e da base aliada por ter dito que "alguém precisa unir o país". A afirmação foi interpretada como uma espécie de preparativo para que o PMDB tome o poder em caso de um impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Lula já estará hoje na capital federal, onde participa, no início da noite, da abertura da Marcha das Margaridas, que conta com a presença de Dilma amanhã.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email