Lula: "parte da elite me odeia; é só ler os jornais"

Durante o Fórum Mundial de Direitos Humanos, o ex-presidente Lula disse que os brasileiros devem ter orgulho por ter eleito a presidente Dilma; "Estejam certos de que vamos fazer muita coisa. Quem quiser torcer contra que torça. Com bom senso que Dilma tem, vocês podem ficar certos, que este país tem que ter motivo de orgulho pela presidente que nós elegemos", disse; Lula também defendeu o Mais Médicos: "vamos trazer médico de onde tiver. O que nós queremos é que o povo brasileiro seja tratado com respeito e dignidade"

www.brasil247.com - Durante o Fórum Mundial de Direitos Humanos, o ex-presidente Lula disse que os brasileiros devem ter orgulho por ter eleito a presidente Dilma; "Estejam certos de que vamos fazer muita coisa. Quem quiser torcer contra que torça. Com bom senso que Dilma tem, vocês podem ficar certos, que este país tem que ter motivo de orgulho pela presidente que nós elegemos", disse; Lula também defendeu o Mais Médicos: "vamos trazer médico de onde tiver. O que nós queremos é que o povo brasileiro seja tratado com respeito e dignidade"
Durante o Fórum Mundial de Direitos Humanos, o ex-presidente Lula disse que os brasileiros devem ter orgulho por ter eleito a presidente Dilma; "Estejam certos de que vamos fazer muita coisa. Quem quiser torcer contra que torça. Com bom senso que Dilma tem, vocês podem ficar certos, que este país tem que ter motivo de orgulho pela presidente que nós elegemos", disse; Lula também defendeu o Mais Médicos: "vamos trazer médico de onde tiver. O que nós queremos é que o povo brasileiro seja tratado com respeito e dignidade" (Foto: Valter Lima)


247 - O ex-presidente Lula (PT) disse, nesta quinta-feira (12), durante o Fórum Mundial de Direitos Humanos, que os brasileiros devem ter orgulho por ter eleito a presidente Dilma Rousseff (PT). "Estejam certos de que vamos fazer muita coisa. Quem quiser torcer contra que torça. Eu conheço a Dilma apenas há dez anos. Ela foi a minha ministra. A mulher que passou pelo que a Dilma passou, que faz o que ela faz, com bom senso que ela tem, vocês podem ficar certos, que este país tem que ter motivo de orgulho pela presidente que nós elegemos", afirmou o ex-presidente, sendo muito aplaudido.

Ao destacar conquistas do seu governo, ele frisou que nenhum outro país no mundo transferiu tanta renda nos últimos anos. "Isso se chama direitos humanos. Dar ao pobre o direito de ser médico, engenheiro, diplomata. Eu sei o quanto uma parte da elite brasileira me odeia. É só ler os jornais para ver. Eles não toleram a mulher do pobre usando o mesmo perfume da patroa", disse.

Lula também elogiou a criação do programa Mais Médicos. "Neste país, a elite brasileira achava que pobre não necessitava de tratamento. Pode morrer que tem demais. Mas nós vamos trazer médico de onde tiver. O que nós queremos é que o povo brasileiro seja tratado com respeito e dignidade", disse.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email