Mabel aciona STF para anular eleição de líder do PMDB

Segundo o deputado Sandro Mabel (PMDB-GO, a eleição de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a liderança do PMDB no Congresso Nacional foi irregular porque teve a participação de dois deputados empossados ilegalmente

Mabel aciona STF para anular eleição de líder do PMDB
Mabel aciona STF para anular eleição de líder do PMDB
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Débora Zampier
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO) entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a anulação da eleição do também deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a liderança do PMDB no Congresso Nacional. Segundo Mabel, a eleição foi irregular porque teve a participação de dois deputados empossados ilegalmente.

A eleição para líder do PMDB ocorreu no último domingo (3), com vitória de Cunha após votação em dois turnos, derrotando Mabel e o deputado Osmar Terra (PMDB-RS). Segundo o parlamentar goiano, a vitória só foi possível após manobra política que resultou na posse dos deputados Marcelo Guimarães Filho (PMDB-BA) e Leomar Quintanilha (PMDB-TO).

Os peemedebistas assumiram os lugares de João Carlos Bacelar (PR-BA) e Lázaro Botelho (PP-TO) no último sábado. "Ambos deputados titulares, pertencentes a outros partidos, se afastaram para viabilizar a posse dos suplentes pela primeira vez nesta legislatura", argumentou Mabel.

Segundo o deputado goiano, a posse foi feita de forma "rápida e direcionada" e não obedeceu ao rito previsto na Constituição, que determina nova data de sessão caso a abertura do ano legislativo caia em fim de semana ou feriado. Mabel ainda criticou a interferência de legendas alheias ao PMDB nos assuntos do partido. O relator do mandado de segurança, que tem pedido de liminar, é o ministro Luiz Fux.

Edição: Carolina Pimentel

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247