Maia tenta ressuscitar reforma da Previdência

O presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ) defendeu um pacto entre os candidatos à Presidência da República pela votação da reforma da Previdência logo após o término das eleições; "Esse compromisso seria uma importante sinalização para o mercado e ajudaria o país a atravessar o atual momento de turbulência", declarou Maia 

rodrigo maia 
rodrigo maia  (Foto: Lais Gouveia)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ) defendeu um pacto entre os candidatos à Presidência da República pela votação da reforma da Previdência logo após o término das eleições. O parlamentar, que foi um dos maiores entusiastas do golpe de Estado, tem claras intensões da manter o Brasil na cartilha do entreguismo.

"Esse compromisso -com a reforma da previdência- seria uma importante sinalização para o mercado e ajudaria o país a atravessar o atual momento de turbulência", declarou Maia. 

Rodrigo Maia acredita que dois candidatos apoiariam sua proposta. "Vejo do (deputado Jair) Bolsonaro (PSL) ao Ciro Gomes (PDT), o (Fernando) Haddad (PT) não sei", segundo informa o jornal Estado de São Paulo. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247