Maior licitação de Temer vaza com antecedência

O resultado da maior licitação do governo de Michel Temer, um contrato de publicidade do Banco do Brasil, vazou com quatro dias de antecedência para a imprensa; a agência Multi Solution ficou com o primeiro lugar no certame que elegeu três empresas de propaganda para gerenciar a publicidade do banco pelos próximos 12 meses; elas dividirão um contrato de até R$ 500 milhões por ano, prorrogável por até 60 meses, segundo o edital; isso totalizaria R$ 2,5 bilhões, sem calcular eventuais reajustes; teria havido direcionamento dentro da estatal para garantir que a Multi Solution estivesse entre as contratadas pelo Banco do Brasil  

Banco do Brasil na Av. Paulista esquina com R. Augusta. Foto em 30 de abril de 2011.
Banco do Brasil na Av. Paulista esquina com R. Augusta. Foto em 30 de abril de 2011. (Foto: Giuliana Miranda)

247 - A informação sobre a  primeira colocada na licitação para a conta de publicidade do Banco do Brasil foi antecipado à Folha de S.Paulo na última quinta (20), quatro dias antes da abertura oficial dos envelopes que trariam o resultado, que só ocorreu na manhã desta segunda (24) em Brasília.

A concorrência é a de maior valor já realizada no governo Michel Temer.

A Multi Solution ficou com o primeiro lugar no certame que elegeu três empresas de propaganda para gerenciar a publicidade do banco pelos próximos 12 meses. Elas dividirão um contrato de até R$ 500 milhões por ano, prorrogável por até 60 meses, segundo o edital. Isso totalizaria R$ 2,5 bilhões, sem calcular eventuais reajustes.

As informações são de reportagem de Daniela Lima.

"A informação de que a Multi Solution estaria entre as vencedoras foi registrada pelo jornal em cartório na própria quinta-feira (20) e publicada em anúncio cifrado na seção de classificados do caderno Sobre Tudo da Folha deste domingo (23).

 O informe trazia o nome da empresa e o número da concorrência que ela venceria nesta segunda. Segundo a informação obtida pelo jornal, houve direcionamento dentro da estatal para garantir que a Multi Solution estivesse entre as contratadas pelo Banco do Brasil.

Procurado, o BB afirmou "que o processo de licitação para escolha das novas agências de publicidade obedeceu rigorosamente a legislação, e a definição das vencedoras foi norteada por critérios técnicos". Já a Multi Solution negou qualquer favorecimento.

Outras duas agências de publicidade foram selecionadas na licitação, que foi pública e realizada na manhã desta segunda, em Brasília: a Nova/sb e a Z+. A primeira tem tradição em negócios do setor público e a segunda integra um grupo francês.

Houve disputa acirrada entre ao menos quatro agências pela segunda e a terceira colocações —uma firma estava no páreo e foi desqualificada após recontagem. A Multi Solution, porém, foi a única entre as qualificadas que não teve a liderança na disputa ameaçada."

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247