“Malfeitos na Petrobras vêm do governo Lula”

Em novo discurso em Nova York, agora em um seminário do grupo Lide, ex-presidente Fernando Henrique Cardoso diz que não se deve personalizar o escândalo da Petrobras na figura da presidente Dilma Rousseff, porque os malfeitos vêm de anos anteriores; "Esses malfeitos vêm de outro governo, isso deve ficar bem claro. Vêm do governo Lula. Começou aí", afirmou; delator na Lava Jato, o ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco admitiu receber propinas e desviar dinheiro na estatal desde 1996, segundo ano do governo FHC; tucano disse também que eventual pedido de impeachment não pode ser uma confusão "abstrata"

Em novo discurso em Nova York, agora em um seminário do grupo Lide, ex-presidente Fernando Henrique Cardoso diz que não se deve personalizar o escândalo da Petrobras na figura da presidente Dilma Rousseff, porque os malfeitos vêm de anos anteriores; "Esses malfeitos vêm de outro governo, isso deve ficar bem claro. Vêm do governo Lula. Começou aí", afirmou; delator na Lava Jato, o ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco admitiu receber propinas e desviar dinheiro na estatal desde 1996, segundo ano do governo FHC; tucano disse também que eventual pedido de impeachment não pode ser uma confusão "abstrata"
Em novo discurso em Nova York, agora em um seminário do grupo Lide, ex-presidente Fernando Henrique Cardoso diz que não se deve personalizar o escândalo da Petrobras na figura da presidente Dilma Rousseff, porque os malfeitos vêm de anos anteriores; "Esses malfeitos vêm de outro governo, isso deve ficar bem claro. Vêm do governo Lula. Começou aí", afirmou; delator na Lava Jato, o ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco admitiu receber propinas e desviar dinheiro na estatal desde 1996, segundo ano do governo FHC; tucano disse também que eventual pedido de impeachment não pode ser uma confusão "abstrata" (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Em novo discurso feito em Nova York, agora em um seminário promovido pelo grupo Lide, do empresário João Doria Jr, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou que o escândalo da Petrobras teve início no governo Lula.

Segundo ele, por isso, não se deve personalizar o caso na figura da presidente Dilma Rousseff. "Esses malfeitos vêm de outro governo, isso deve ficar bem claro. Vêm do governo Lula. Começou aí", afirmou o ex-presidente.

Em depoimento à Justiça, o ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco, delator na Operação Lava Jato, admitiu receber propinas e desviar dinheiro desde 1996, segundo ano do governo FHC. Por meio da corrupção, ele conseguiu juntar uma fortuna de US$ 100 milhões, parte já devolvida aos cofres da companhia.

Fernando Henrique disse ainda, segundo relato da jornalista Vera Magalhães, que um eventual pedido de impeachment contra Dilma não pode ser uma confusão "abstrata".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247