Marco Aurélio diz que país vive "ambiente conflituoso" e "tempos estranhos"

“É um ambiente conflituoso, preocupa a todos e gera insegurança. Parece que a crise é indispensável”, disse o ministro Marco Aurélio Mello, que negou ter sugerido colocar uma “mordaça” em Jair Bolsonaro; “Eu sou amplamente a favor da liberdade de expressão e não sugeri colocar mordaça em quem quer seja, muito menos no presidente da República", afirmou

(Foto: Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, avalia que o cenário político nacional é de um “ambiente conflituoso” que “preocupa a todos”. “Tempos estranhos, onde vamos parar? Onde?”, indagou.

E completa: “É um ambiente conflituoso, preocupa a todos e gera insegurança. Parece que a crise é indispensável”

O ministro negou ter sugerido colocar uma “mordaça” em Jair Bolsonaro. “Eu sou amplamente a favor da liberdade de expressão e não sugeri colocar mordaça em quem quer seja, muito menos no presidente da República. Você não pode antecipadamente proibir alguém de veicular ideias”, afirmou o ministro em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

“Jamais preconizei censura. Sou a favor da liberdade de expressão, de manifestação. Quem precisa de mordaça sou eu”, acrescentou.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247