Marina: denúncia contra Temer é sólida

A ex-senadora Marina Silva (Rede) saiu da toca e criticou Michel Temer, que chegou ao poder com seu apoio; Marina disse que o trabalho da Operação Lava Jato serviu de suporte para duas denúncias "muito bem fundamentadas" contra Temer (PMDB) e que não seria republicano por parte dos congressistas tomar uma decisão política que o absolva

Marina Silva e Michel Temer
Marina Silva e Michel Temer (Foto: Giuliana Miranda)

247 - Após um longo silêncio, Marina Silva, que apoiou o golpe que destituiu Dilma Rousseff, criticou abertamente Michel Temer.

A porta-voz nacional da Rede Sustentabilidade disse que o trabalho da Operação Lava Jato serviu de suporte para duas denúncias "muito bem fundamentadas" contra Michel Temer (PMDB) e que não seria republicano por parte dos congressistas tomar uma decisão política que o absolva.

O prosseguimento da primeira denúncia foi rejeitado em agosto pelos deputados. A segunda está tramitando na Casa, ao mesmo tempo que Temer se articula para também barrá-la.

Marina disse ainda que a instabilidade política fomenta o avanço de pautas conservadoras no Congresso. Segundo ela, governos fracos transformam as agendas estratégicas de direitos humanos, direito ambiental e defesa dos povos indígenas em moeda de troca. 

As informações são de reportagem de Bruno Mirra na Folha de S.Paulo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247