Mercadante: no governo Lula o mundo inteiro passava pelo Brasil

Ex-ministro Aloizio Mercadante relembrou o sucesso da política externa brasileira durante os governos Lula e Dilma, em comparação com o fracasso da equipe diplomática de Jair Bolsonaro. “No governo Lula o Brasil era a solução de vários problemas da política internacional. Ninguém visitou o Bolsonaro, ninguém quer estar na foto com ele”, disse. Assista

247 - O ex-ministro Aloizio Mercadante falou à TV 247 sobre a diplomacia brasileira durante os governos dos ex-presidentes Lula e Dilma em paralelo às trapalhadas da equipe de política externa de Jair Bolsonaro. Mediante o ressurgimento da pauta de gerência internacional da Amazônia e do veto da ONU à participação do Brasil na cúpula do clima em Nova York, Mercadante relembrou o destaque brasileiro no cenário global em governos anteriores.

Ele ressaltou que o Brasil era visto como solução para diversos problemas internacionais e pontuou que Bolsonaro até agora não recebeu visitas como Lula e Dilma recebiam.

“No governo Lula o Brasil era a solução de vários problemas da política internacional e no primeiro ano da presidenta Dilma vieram aqui Xi Jinping, o vice-presidente, o primeiro-ministro e o vice-primeiro ministro chinês, o Obama foi no Palácio da Alvorada, a Merkel esteve aqui várias vezes. O mundo inteiro passava pelo Brasil, fazia questão de estar aqui. Ninguém visitou o Bolsonaro, ninguém quer estar na foto com ele, isso desde o começo do governo”.

Em relação ao meio ambiente, Mercadante lembrou que os governos do PT aliaram o desenvolvimento econômico com a preservação da natureza do Brasil. “A pauta ambiental anterior era uma pauta do norte para o sul dizendo: ‘vocês não podem se desenvolver por causa do clima, vocês não podem aumentar o PIB, não podem ter um programa de etanol porque isso prejudica a agricultura’. Nós revertemos isso combinando desenvolvimento econômico social, inclusão social com preservação ambiental. Fizemos as metas voluntárias e cumprimos antecipadamente as metas, lideramos este processo no mundo. Isso tudo está sendo destruído”.

Inscreva-se na TV 247 e assista à entrevista na íntegra:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247