Mercadante sobre ida para a Casa Civil: “especulação”

Ministro da Educação, cotado para comandar a pasta de Gleisi Hoffmann após a reforma ministerial, afirma que ainda "não há nenhuma definição" da presidente Dilma Rousseff sobre as mudanças na Esplanada; "Tudo o que tem sido dito sobre isso é especulação"

Brasília – O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em entrevista coletiva, faz balanço do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)
Brasília – O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em entrevista coletiva, faz balanço do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) (Foto: Gisele Federicce)

247 – O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, definiu como "especulação" as apostas de que ele deve deixar sua pasta para comandar a Casa Civil, após a reforma ministerial que está para ser promovida pela presidente Dilma Rousseff.

Segundo ele, ainda "não há nenhuma definição" da presidente sobre as mudanças. "Isso é com a presidente e só com ela. Tudo o que tem sido dito sobre isso é especulação", declarou, durante entrevista coletiva sobre o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e o Sisu (Sistema de Seleção Unificada).

As mudanças na Esplanada dos Ministérios devem acontecer principalmente porque alguns ministros precisam deixar seus cargos para se candidatar nas eleições desse ano. Mercadante está cotado para assumir o lugar de Gleisi Hoffmann, pré-candidata ao governo do Paraná.

"Não há nenhuma definição sobre as mudanças nos ministérios sobre os ministros candidatos", afirmou o ministro da Educação. De acordo com ele, a partir de agora, "a presidente Dilma vai definir o calendário de divulgação" das mudanças.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247